Páginas

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

< B-sides da coleção > Mais técnicas de estamparia artesanais! Pra brincar em casa!

Já postei uma técnica desenvolvida por mim no post Especial Técnicas de Estamparia, mas descobri mais algumas outras técnicas de estamparias alternativas!

A primeira é criativa e ainda por cima é sustentável :D heuehuhe Ela lembra a técnica de sublimação ou a de transfer, porque usa temperaturas quentes.
*Faça sua estampa localizada com SACOS DE LIXO! Sim, aqueles pretos grandões, sabe?! :O
Mas não vá utilizar um usado fedentino.... :S

Vamos ao passo-a-passo #programinhaMaisvocêfeelings

1) Recorte o desenho que você quer estampar no saco de lixo preto duplo, pode ser utilizada sacolinha de mercado também!


2) Posicione na peça aonde quer estampar, a dica é: Quanto mais "fofo" o tecido melhor. Exemplos: moletons, e de preferência não utilize um tecido sintético.


3) Pegue uma folha de papel manteiga - aqueles que mamãe usa pra fazer rocamboles...
Coloque sobre o desenho da estampa e a peça de roupa com objetos para segurá-la.

4)Com um ferro quente e sem vapor, posicione-o sobre o papel manteiga e o desenho e deixe 20 segundos, sem apertar, vai depender um pouco do tipo de tecido, mas verifique sempre para que não queime.

E ai está a caveirinha!!! Baratinha, dá um up numa peça velha e ainda é ECOfriendly! do site Glamour paraguaio e Euquefaçotudo

ATENÇÃO: LEITORAS DESSES BLOGS REGISTRARAM EXPERIÊNCIAS BEM SUCEDIDAS E OUTRAS NÃO TIVERAM A MESMA SORTE. POR ISSO TESTEM ANTES DE APLICAR!


Vamos agora, para uma dica do site Casa.com.br
*Estampas feitas com xerox!!
Material:
-Tíner (solvente de tintas) -Estopa (aquelas coisinhas felpudas pra usar pra tirar o óleo dos carros) -Cópias em xerox preto-e-branco de cada figura
-Tecido: No caso do caminho de mesa foi utilizado o tecido voil.

IMPORTANTE: TESTE SEMPRE ANTES DE APLICAR DEFINITIVAMENTE. SE FICAR BOM, UTILIZE.



Pegue o xerox preto-e-branco de uma figura, vire-o sobre um tecido, passe tíner em cima e pronto. Assim você transfere o desenho do papel para o pano e a estampa não sai quando lavada. Quem ensina a técnica é o artista plástico Samir Zavitoski. Revistas, papéis de presente e folhas secas costumam fornecer boas imagens para imprimir com esse método, diz. Ou, se preferir, crie um desenho seu. Na foto, móveis da Ilustre, louças da Tok & Stok e flores de Maristela Nicolosi.

Selecione as figuras: as imagens devem ser nítidas, pois assim os xerox ficam com um bom contraste entre preto e branco, o que garante uma estampa sem falhas. Para começar, faça uma cópia e teste numa amostra do tecido.Estude a composição: mande fazer os xerox. Recorte as figuras, deixando uma margem de papel. Distribua os desenhos sobre o tecido para ver se a composição fica boa.


Passe o tíner: vire os desenhos para o pano. Umedeça a estopa no tíner, sem encharcar. Segure firmemente o papel e passe a estopa. Utilize cada cópia só uma vez.

Mais uma vez o Blog B-sides adverte:
Não nos responsabilizamos com possíveis estragos que podem acontecer.

Teste sempre antes, mas o laboratório fashion é sempre divertido de tentar!


6 comentários:

  1. Essas já tinha visto, mas não tentei ambas. Vou fazer essas experiências qualquer dia dessses.
    beijos

    ResponderExcluir
  2. sabe se usar a técnica do saco de lixo da certo em brim?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Caroline! Bem vinda!
      Nunca experimentei com brim, de preferência o tecido bem lisinho sem mt textura ficará melhor! Mas tente testar em retalho para ver como fica!
      Bjoks!

      Excluir
  3. tentei fazer e o platico ficou no papel Oo como eu faço??

    ResponderExcluir
  4. Muitos experimentos podem variar de acordo com o tipo de fibra de cada tecido.
    É preciso testar a técnica muito antes de usar, conforme advertimos no post.
    Observe o tipo de ferro utilizado - deve ser sem vapor e o tempo que ele fica em cima do tecido: por volta de 20 segundos
    IMPORTANTE:
    O ferro deve ficar em cima do tecido, na parte de trás de onde vai ser estampado, e não em contato com o plástico!
    B-joks!

    ResponderExcluir