Páginas

segunda-feira, 14 de março de 2011

LookConcept:: De tijucana pra tijucana - especial blog Hoje vou assim Off

Andava pelas ruas do meu bairro Tijuca e vejo a Ana do blog Hoje eu vou assim OFF, ela sempre atenta ao colorido dos estilos dos looks passeantes pelas ruas me fitou e então resolvi enviar a ela minhas fotos com o look para a sessão looks das leitoras. Veja o post aqui.
Fiz então esse tipo de montagem e enviei: O que geralmente faço aqui para a coluna "LookConcept", onde os looks se misturam com o cenário + a inspiração do set,
o conceito, o tema do look.
Neste não foi diferente. As leitoras tijucanas vão concordar que, uma vez tijucana sempre tijucana, este é um bairro amado por quem vive ou já viveu por aqui.
Com estas fotos do Rio antigo e da Tijuca vintage, faço ressurgir os tempos de glória dos anos 50, quando Copacabana e Tijuca eram os bairros dourados e badalados do RJ.
Tradicional e "aconchegante", é um bairro central do RJ com acesso fãcil a qualquer parte do RJ e que abriga e já serviu de berço para grandes artistas de diversas áreas, e gente de gosto apurado e que preza pelo intelectual e cultural.


Look:
Raquel veste:
Regata c&a 19,90
Colete AbFab 49,90
Short herdado da mamy
Bolsa AbFab presente do namorado





Recebi este teste por email da minha amiga-leitora Helena:

CLASSIFICANDO O TIJUCANO

GRAU I: uma vez tijucano …
Nesse grau incluem-se todos aqueles que tiveram alguma passagem (mesmo que breve) pelo bairro mas, agora que estão libertos guardam apenas alguns resquícios do velho bairro. Não necessitam de café do Palheta ou comprar presentes na Importadora Guanabara para sobreviver. Vivem suas vidas independentes da Tijuca em outros locais. Referem-se à Praça Saens Peña como a qualquer outro local.
GRAU II: o tijucano “muderno”
Aqui incluem-se aqueles que são, moram e orgulham-se de seu bairro porém reconhecem a existência de vida inteligente em outros locais.São capazes de se locomover em outros pontos do Rio e conseguem ir ao médico, dentista, banco, cinemas, restaurantes em outros locais da cidade. Apesar de freqüentar o Tijuca Tênis Clube, a Matriz do Sagrado Coração,Shopping 45 e o Shopping Tijuca isso não os torna (ainda) “dependentes químicos”.Porém já se referem à Praça Saens Peña como a simplesmente … A PRAÇA.
GRAU III: o pseudo tijucano
Trata-se de um grupo cada vez mais crescente em nosso meio. Nesse se inclui todos aqueles que não moram na Tijuca mas adorariam estar lá. Habitantes do Grajaú, Praça da Bandeira, Largo da segunda feira, Estácio, Rio Comprido, Vila Isabel, Méier e etc são potencialmente integrantes desse grupo. Aqui incluí os “importados”. Aqueles que por razões afetivas, casamentos ou herança acabaram por ter sua vida ligada àquela região.
GRAU IV: o incurável
Esse sim, o tijucano clássico e já amplamente descrito. Aquele que vive o bairro e não reconhece vida inteligente fora dele. Assíduo frequentador do Tênis Clube e da Matriz do Sagrado Coração, esse tijucano não consegue se locomover por outros locais.Seu dentista, médico e banco têm que estar a no máximo 4 quarteirões “da praça”. Há dependência química grave do café e dos doces do Palheta. Compras? Apenas Shopping 45, Tijuca ou Importadora Guanabara.




3 comentários:

  1. Estou entre o três e o quatro, pq os meus médicos são todos na praça, porém, gosto de frequentar alguns lugares que só tem fora da tijuca (infelizmente.)
    beijos

    ResponderExcluir
  2. hehehe eu tb to nesse grau!
    Bjinhossss Bruh!

    ResponderExcluir
  3. hahaha adorei o post! muito obrigada pelos créditos! ;D

    ResponderExcluir